04 de setembro de 2013

Crítica – Os Estagiários

Por: Além do Oscar

Divulgação

Owen Wilson e Vince Vaughn, mais uma vez a dupla dinâmica retorna para um longa-metragem… será que é bom?

Estagiários… a primeira vez que ouvi falar do filme e vi o trailer, nem dei muita bola, afinal, parecia mais um daqueles filmes de comédia, que fizeram só por fazer.

A primeira impressão de um filme de comédia com essa “forçação de barra” não é muito boa… mas logo em seguida eu pensei “ahhh, pelo menos os incríveis atores Owen Wilson e Vince Vaughn estão no longa”!

A trama conta a história de dois vendedores que ganham a vida com relógios de luxo, mas a empresa em que trabalhavam acaba falindo e ambos são demitidos. Sem rumo na vida, os dois tentam a sorte como estagiários no Google.

Reprodução/YouTube

Aí você analisa como dois vendedores podem trabalhar, com programação, banco de dados, ou o que seja, na maior empresa do ramo tecnológico do mundo?! É simples… o roteiro é do Vince Vaughn! E não estou falando isso de forma negativa, na realidade, o que parecia ser um roteiro linear, tem boas doses de surpresas aos espectadores.

Felizmente ou infelizmente, isso não acontece durante todo o filme, e boa parte da trama é levada nas costas por Owen Wilson e Vince Vaughn.

Falando sério, em certos momentos do filme, parece que estamos assistindo uma sequência de Penetras Bons de Bico, que também é estrelado pela dupla… e não é muito diferente! Mentaliza rapidamente: os dois entram meio que de “penetra” na Google, e no filme de 2005 eles fazem isso o tempo todo… só não é em empresas!

Reprodução/YouTube

Shawn Levy (Uma Noite no Museu, Gigantes de Aço) comandou a direção do filme, e fez um bom trabalho, ele soube lidar bem com a dupla e visivelmente deu liberdade aos atores.

É interessante que a Google aprovou e incentivou a produção da maior maneira possível – quem não iria incentivar com tamanha publicidade?! –, mas claro que foi tudo naquelas, já que ela não poderia se queimar… então com certeza, algumas coisas já gravadas foram cortadas por conta disso.

Em resumo, Owen Wilson e Vince Vaughn se saíram muito bem, como em todas as produções que trabalham juntos, principalmente pela fantástica quimica dos dois. Os outros atores tentam conseguir destaque, mas ficam no degrau de aprendizes, com atuações medianas.

Reprodução/YouTube

Apesar de estar conseguindo um público até considedável aqui no Brasil, lá fora o filme teve uma péssima bilheteria, e saiu praticamente com fama de “ Os Penetras Bons de Bico reciclado”…